UMA BREVE PANORÂMICA DO
Cãncer da próstata
O GUIA DE HIPERTEXTO

Última atualização Outubro de 2001

INTRODUÇÃO

DIAGNÔSTICO
Sintomas, Análises da dosagem de PSA, Exames rectais digitais, Biópsias

AVALIANDO
Escala de Gleason, Estadios, Testes, Tabelas

DECIDINDO
Melhore suas probabilidades, Aprendendo mais, Seguros, Assistência

TERAPIA
Radiações, Cirurgia, Congelamento, Espera, Complementares/Alternativos, Hormônio terapia, Radioterapia, Químioterapia

SOBREVIVENDO
Aconselhamento, Impotência, Incontinência, Monitoramento, Recorrência, Salvage, Pesquisas e Ensaios clínicos

"LINKS RÁPIDOS" PARA ASSUNTOS ESPECÍFICOS.


INTRODUÇÂO

Antes de começar a lidar com qualquer doença, deve-se entender melhor com o que estamos lidando. Esta panorâmica foi desenvolvida para apresentar todos os assuntos que você precisará aprender para melhor entender sua situação.

Repare que as práticas aqui descritas são correntes (ou, pelo menos, estão disponíveis) nos Estados Unidos da América. Tal pode não ser o caso no seu local de residência.

Este site tem dois níveis. Esta visão panorâmica constitui o primeiro. A maioria dos links dá acesso ao segundo nível deste mesmo sítio, onde cada capítulo é discutido todos os temas são discutidos com maior detalhe e há links para páginas médicas e pedagógicas que tratam de temas específicos. Todos os tópicos cobertos aqui estão discutidos com muito mais detalhes no site, e há links para algumas centenas de outros sites que lidam com assuntos específicos. Esses sites tem sido revisados para provável acurácia e perfeição.

MAPA DO SITE

A versão para impressão deste documento tem quatro páginas. Contem o mesmo material, mas é mais fácil de ler e diagramada para ser distribuída para pacientes, medicos e outros interessados. Está em formato de documento PDF (Adobe Acrobat Reader). Seu computador, seguramente já tem uma cópia do programa lector Acrobat, se não a tem você pode descarregar uma cópia de graça.

Clique aqui para descarregar as páginas diagramadas para impressão.

Clique aqui para descarregar Acrobat Reader

Informação sobre Acrobat Reader.

Todos os links dão acesso ao site em inglês a não ser que digam em português.


DIAGNÓSTICO

A próstata é uma pequena glândula encontrada só nos homens. Ela produz o fluído prostático, que é parte do sêmen. É um dos lugares mais comuns de ocorrência do câncer. Infelizmente, os sintomas raramente aparecem até que seja muito tarde para o tratamento.

Os cânceres da próstata usualmente são descobertos com dois exames e confirmados com outro:

Antígeno Prostático Específico (PSA) Um exame de sangue mede o nível de antígeno produzido pela próstata. Se for mais do que 4.0 ng/ml, pode significar o crescimento de um câncer.

Toque rectal digital (TRD). Um dedo é premido contra a parede do reto próximo à próstata. Um leve endurecimento pode sugerir a presença de um tumor.

Biópsia. De 6 a 11 agulhas ocas são injetadas em diferentes áreas do órgão para coletar amostras.

Biópsia     Toque     PSA     Sintomas


AVALIANDO

Há duas coisas que deve saber antes de poder escolher um tratamento. O estadio (tamanho e localização do câncer) usualmente estimado usando-se o TRD, o PSA, e o número de cores (amostras nas agulhas) que contenham células cancerosas. O grau é a medida da agressividade do câncer, estimada pelo patologista que examinou as amostras. Outros testes, tais como a RM ou bone scan, podem ser necessários para melhor definir o estadio e estabelecer parâmetros.

    Biópsia     Toque     PSA     Volume     Outros exames

ESCALA DE GLEASON

Uma escala é chamada de Escala de Gleason. É composta pelos dois padrões mais comuns de células cancerosas, expressas como números de um até cinco. O padrão mais comum é listado primeiro, por exemplo, 3 + 4 = 7. Um escore de 4 ou menos sugere um câncer de crescimento lento, enquanto que um de 7 ou acima é provável tratar-se de um de crescimento rápido. O escore mais alto (pior) possível é dez. Devido ao câncer de próstata raramente ser descoberto nos estágios iniciais e os patologistas tender a subgraduá-lo, um escore de menos de seis pode ser um erro. De qualquer maneira, você deveria procurar uma segunda opinião sobre as amostras da biópsia, de preferência feita por um especialista em câncer de próstata.

Sobre a Escala de Gleason

ESTADIOS

Os sistemas usuais de classificação por estadio são o ABCD ou TNM (tumor, nódulos, metástases). Consistem basicamente no seguinte:

A1-A2 ou T1a-T1b O tumor só pode ser detectado através de examinação patológica do material obtido durante a cirurgia (e.g., por BPH). Se afetar menos de 5% do tecido, é considerado um T1a; se mais, então é um T1b.

T1c O tumor não pode ser detectado pelo ultra-som ou TRD mas pode ser detectado pela biópsia (provocada pelo aumento dos níveis de PSA).

B0-B2 ou T1c-T2c O tumor pode ser sentido mas parece estar confinado a um (ou ambos) lobo da próstata.

C1-C2 ou T3a-N0 O tumor parece se estender além da próstata mas o câncer não parece haver-se espalhado até os nódulos linfáticos.

D1 ou N1-M0 O câncer se espalhou até os nódulos linfáticos. A isto se chama de câncer regional.

D2 ou M1 O câncer se moveu para outras partes do corpo. Isto se chama metastático (ou sistêmico).

A-B e T1a-T2c são cânceres locais. Usualmente são tratados com sucesso.

Sobre os estadios

TABELAS

Uma vez que saiba qual o estádio e o grau, se podem usar tabelas estatísticas para estimar se o câncer é local ou não. Isto é essencial para a tomada de decisão.

Sobre as tabelas

DECIDINDO

Não perca tempo nem se precipite para nada. É mais importante tomar uma decisão informada do que uma rápida. Considere todas as possibilidades, e tente tomar a melhor decisão para as circunstâncias. Não espere—nem permita—que seu médico decida por você.

Família e amigos. Você não é a única pessoa afetada por seu câncer. Os membros da sua família e seus amigos podem estar tão assustados. Falando com eles sobre isso pode ajudá-los a lidar melhor com a situação—e podem ajudá-lo a lidar com seus sentimentos. Dê-lhes cópias desta panorâmica para que eles possam entender melhor o que está acontecendo. Se alguém o pressionar para que decida, responda que está estudando suas opções cuidadosamente.

Perguntas Entre as perguntas a que deve tratar de responder estão:

Listagem para novos pacientes

MELHORANDO SUAS PROBABILIDADES

Não entre em pânico. Não vai ajudar, e dificulta a concentração, o estrêss e a depressão podem enfraquecer seu sistema imunológico. Considere aconselhamento ou um antidepressivo.

Aprenda sobre todos os tratamentos. Os urologistas são cirurgiões, e quase todos sugerem cirurgia. Consulte outros tipos de especialistas em câncer (oncologistas) para que possa aprender sobre todas as formas de tratamento. Consiga quantas opiniões você achar suficientes. (A maioria das seguradoras pagarão uma segunda opinião)

Outras opiniões
Considere a hormônio-terapia neoadjuvante. As células cancerosas podem ser mortas e o tumor reduzido mediante a supressão da testosterona. Se fizer isto antes do tratamento, também irá reduzir a próstata, o que é uma vantagem adicional na radiação (alvo menor significa menos exposição dos outros órgãos). E por saber que seu câncer diminui, menos ansioso você fica. A terapia neoadjuvante (adicionada antes) envolve as mesmas duas drogas que são usadas para tratar os últimos estágios do câncer.

Sobre a terapia hormonal neoadjuvante

Mude seus hábitos. Exercício regular e comida saudável podem diminuir a taxa de crescimento do câncer. Alimentação e suplementos Evite gorduras, álcool, carnes em geral (especialmente carne vermelha), e cálcio (nunca mais de 2 copos de leite ao dia). Os cânceres necessitam de calorias para crescer, limite as refeições a 500c e os lanches a 100c. Coma muita verdura e vegetais (especialmente morangos e tomates), graõs e legumes, produtos de soja, chá verde ou branco, água (2 litros/dia), fíbras (pelo menos 25 gramas), vitaminas C, D e E, e o mineral selênio.

Sobre o exercício, alimentação, vitaminas e minerais

APRENDENDO SOBRE O CÂNCER DA PRÓSTATA

Se não aprender sobre seu câncer, não terá um verdadeiro controle sobre o que acontece com você. Alguns médicos estão desinformados sobre o câncer da próstata, e alguns não fornecem toda a informação que você precisa, por isso é importante que você entenda cada passo a ser tomado—ou não. Não tenha medo de dispensar seu medico se sentir que ele ou ela não está fazendo o seu serviço direito.

Quando dispensar seu medico

Faça perguntas e mantenha anotações. É muito difícil concentrar-se durante a consulta, então traga um gravador. Também alguém para ajudá-lo a concentrar-se. Mantenha anotações dos resultados de cada teste.

O que é que um guia do câncer da próstata deveria conter
Preparação de um guia do câncer da próstata
Preparação da sua primeira consulta oncológica

Grupos de apoio. Visite um grupo de apoio. Ajuda saber que você não é o único com este problema e conhecer outros que tenham passado por esta experiência. Eles podem dar informações úteis.

Sobre os grupos de apoio

Livros. Leia mais de um, e escolha com cuidado. Não é fácil encontrar livros úteis, imparciais. E cuidado com as descrições de livros em sites ligados a livrarias online (que paga por cada venda). Ler sobre câncer pode ser deprimente. Quando acontecer, pare e faça qualquer outra coisa. Fazer coisas que você gosta o fará sentir-se melhor.

Livros e suas análises

FONTES NA INTERNET

A informação encontrada na Internet pode não ser acurada, tendenciosa, ou até intencionalmente enganosa—até mais do que em livros. Nunca dependa de uma única fonte, mesmo que o site que você visite seja de uma instituição médica. (As fontes das afirmações desta panorâmica podem ser encontradas em as outras páginas no web site.)

Grupos de apoio online também provêm informação sobre experiências de outros pacientes, mas tendem a não ser acurados. As listas de discussão (mailing lists) são provávelmente mais úteis, especialmente se têm moderador. Você envia uma mensagem e.mail para o grupo, e qualquer resposta de outros membros do grupo será incluída nas mensagens grupais. Os grupos de Usenet são similares, mas você tem que ir e deixar sua mensagem e depois voltar por respostas. As salas de chat e "Instant Messenger" permite que você troque mensagens directamente com outras pessoas que estão online.

Links para listas de discussão, usenet e salas de chat

Notícias e newsletters. Há muitos sites de informações sobre saúde na Internet. As newsletters de câncer de próstata são acessíveis por e-mail ou corréio normal.

Links para notícias e publicações periódicas

Estudos médicos. Você pode encontrar artigos médicos específicos usando programas de busca médica como o PubMed.

Motores de busca médicos

Histórias de pacientes. Diários medicos online oferecem uma idéia do que o tratamento realmente é.

Links para histórias de pacientes


SEGUROS E PLANOS DE SAÚDE

Você ou alguém da sua confiança deverá informar seu PS ou companhia de seguro sobre todo o que planeja fazer. Assim evitará custosos mal-entendidos. Consiga tudo por escrito se possível, e sempre tenha anotações com horário, data, assunto, e nome da pessoa com quem falou. É uma boa idéia confirmar tudo por escrito.

Sobre seguros e planos médicos

ASSISTÊNCIA

Há grupos que oferecem ajuda financeira e outras formas de assistência aos pacientes portadores de câncer.

Links para a informação sobre modos de auxílio

TRATAMENTO

Há cinco métodos principais de tratamento de câncer inicial de próstata. Você deve estar ciente da possibilidade de qualquer destes procedimentos pode produzir efeitos secundários dolorosos ou até complicações fatais.

RADIAÇÃO EXTERNA       RADIAÇÃO INTERNA

CIRURGIA       CONGELAMENTO       ESPERA

RADIAÇÃO EXTERNA   (RE, TELETERAPIA)

Conceito. A radiação danifica as células. As células normais se recuperam as células cancerosas usualmente não o fazem.

Prática. Isto envolve comparecer a um centro de radiação cinco vezes por semana durante aproximadamente dois meses. Durante cada visita de 15-30 minutos, o câncer é exposto a estouros curtos de radiação.

Vantagens. Feixe de radiação externa não é invasiva e pode matar cânceres que estão à extremidade da próstata. A sua vida só será suspensa pelas sessões diárias. As taxas de impotência e incontinência são relativamente baixas.

Desvantagens. A RE pode danificar outros órgãos ou errar parte do câncer. Os pacientes podem experimentar cansaço durante o tratamento.

TIPOS DE RE

Radiação tri-dimensional conformal (3D-RE). Alvejando o tumor de vários ângulos, os órgãos perto da próstata recebem menos radiação do que com um único ângulo. Ainda é a forma mais comum de terapia de radiação externa no E.U.A.

Radiação de intensidade modulada (RIM). Também é 3-D conformal, mas com muitos feixes pequenas em vez de um grande. A intensidade de cada feixe pode ser variada o que permite uma dose mais uniforme para alcançar o tumor e reduz a exposição a outros órgãos.

Radiação de feixes de protons (CPRT, PBRT). O feixe de prótons não perde energia ao atravesar o corpo, assim podemos usar uma dose menor, com menos dano a outros órgãos. Esta também é uma técnica conformal 3D.

Sobre estas formas de radiação

RADIAÇÂO INTERNA   (braquiterapia)

Conceito. Devido a radiação estar dentro do órgão, ela é mais poderosa, mais concentrada, e constante.


IMPLANTES PERMANENTES  (sementes)

O ultra-som é usado para colocar de 50 a 120 pequenas bolinhas ("sementes") em lugares predeterminados. Elas liberam uma dose constante (gradualmente menor) de radiação por mais de 3 a 6 meses. Se o paciente tem 7 ou mais no Gleason, o tratamento poderá ser combinado com radiação externa.

Vantagens. Podem ser colocadas sementes fora da próstata para matar qualquer célula que possa ter escapado. O tumor está sob ataque constante. A sua vida normal pode ser retomada imediatamente. As taxas de impotência e de incontinência são relativamente baixas.

Desvantagens. Se as sementes não forem bem colocadas, elas podem danificar outros órgãos ou errar parte do câncer. Efeitos secundários podem ocorrer.

Sobre os implantes permanentes
Sobre a combinação de implantes permanentes com radioterapia externa


IMPLANTES TEMPORÁRIOS (radiação de alta taxa de dose)

Conceito. Material altamente radioativo é inserido na próstata atravéz de tubos temporários durante alguns minutos. Várias destas doses são administradas por um período de dois dias. Devido a tal radiação ser poderosa e não poder ser sustentada tempo bastante para matar o câncer sem danificar outros órgãos, o tratamento deve ser seguido por um ciclo regular de radiação externa.

Vantagens. A vida normal só será suspensa pelas sessões diárias. Taxas relativamente baixas de impotência e incontinência.

Desvantagens. O paciente tem que permanecer hospitalizado durante dois dias. A colocação inexata das sementes ou RE pode danificar órgãos ou errar parte do câncer. O paciente pode sentir fadiga durante o tratamento.

Sobre os implantes temporários

CIRURGIA (prostatectomia radical, PR) 

Conceito. Retirando-se a próstata se retira o câncer.

Prática. A abordagem retropúbica é feita através do baixo abdômen (a região púbica). A abordagem perineal, menos comum é feita por detrás dos testículos. A laparoscopia é uma nova técnica que não é tão invasiva.

Inspeção dos nódulos linfáticos. O primeiro passo na cirurgia é inspecionar os nódulos linfáticos púbicos por sinais de câncer. Se presente, a operação será suspensa. O próximo passo sera tomar contramedidas, tais como a radiação.

Disseção de nervos. Os nervos envolvidos na ereção são presos à superfície da próstata, Assim, removendo o órgão teremos a impotência. A disseção de nervos que separam os pequenos nervos do órgão são realizadas para tentar evitar isto.

Margens positivas. Após a operação, a próstata é inspecionada pelo patologista para ver se o câncer estava perto da margem para escapar (havia margens positivas). Se estava, contramedidas devem ser tomadas.

Vantagens. O paciente sente alívio porque o órgão já não existe. Se há margens positivas ou evidência do câncer, podem ser tomadas contramedidas rápidas.

Desvantagens. Pode haver complicações, e a recuperação pode ser lenta e dolorosa. O câncer pode escapar durante a cirurgia, ou pode ficar parte dele para trás. A impotência e a incontinência não são incomuns.

Sobre a prostatectomia radical

CONGELAMENTO   (crioterapia, crioablação, crio)

Conceito. Células congeladas são células mortas.

Prática. O ultra-som é utilizado para guiar sondas dentro de várias áreas da próstata e congelá-las.

Vantagens. Usualmente rápido e relativamente indolor. Um rápido retorno à vida normal. Este procedimento pode ser repetido se necessário. É relativamente barato.

Desvantagens. A crioterapia pode afetar órgãos próximos da próstata. Há um risco relativamente alto de impotência e incontinência.

Sobre a crioterapia

ESPERANDO   (terapia expectante)

Conceito. Se sua vida não está em perigo, não faça nada.

Prática. Se o tumor é pequeno e parece estar crescendo lentamente, seu medico pode sugerir não fazer nada— especialmente se a expectativa de vida do homem for menor a 10 anos. Médico e paciente simplesmente monitoram o progresso do câncer com testes de TRD e PSA.

Vantagens. É barato e não machuca. Adoção de hábitos mais saudáveis pode retardar o crescimento do tumor.

Desvantagens. O câncer pode ser maior ou crescer mais rápido do que o esperado, ou o paciente pode viver mais. E não é fácil esquecer que há um câncer presente.

Sobre a terapia expectante


TERAPIAS COMPLEMENTAR & ALTERNATIVA

Terapias complementares são aquelas que suplementam o tratamento médico. Sempre confira com seu doutor antes de tentar uma terapia complementar, até mesmo se é só uma mudança em dosagem de vitaminas. Terapias alternativas são essas que não são apoiadas através de evidência científica. É uma má idéia tentar estas, porque elas podem engendrar esperanças irreais, podem interferir com seu tratamento, ou podem ser fraudulentas.

Sobre as terapias complementares e alternativas

O CÂNCER AVANÇADO

Uma vez que o câncer tenha metastátizado, nenhum tratamento irá curá-lo, mas alguns diminuirão a dor ou prolongarão a vida. O grosso da dor é causado por tumores que pressionam nervos ou órgãos, ou por metástases ósseas. A mitigação (o tratamento da dor) deverá começar assim que a dor comece.

Sobre o câncer avançado
Sobre o controle da dor

TERAPIA HORMONAL   (bloqueio andrógeno ou hormonal)

Conceito. Drogas que suprimem a testosterona reduzem o crescimento do tumor. Esta é usualmente a primeira linha de tratamento para câncer avançado.

Prática. Injeções e pílulas ou castração são usadas para bloquear a produção de testosterona. Eventualmente, contudo, o tumor continuará a crescer.

Vantagen. Os pacientes vivem mais.

Desvantagens. Os efeitos secundários incluem calores e perda do apetite sexual, e outros que podem ser perigosos.

Sobre a terapia hormonal

RADIOTERAPIA

Conceito. A radioterapia pode aliviar a dor reduzindo o tamanho dos tumores que causam pressão.

Prática. O paciente recebe radiação externa ou injeções de radioisótopos (compostos que emitam radiação).

Vantagens. O paciente se sente melhor e pode viver mais. Fraturas são menos freqüentes.

Desvantagens. Fadiga e outros efeitos secundários. A imunidade é reduzida.

Sobre a radioterapia

QUÍMIOTERAPIA   (quimio, drogas)

Conceito. Citotôxico (matam células) drogas são introduzidas na corrente sangüínea para retardar o crescimento de células metastáticas ou aliviar os sintomas causados pelo crescimento do tumor.

Prática. A químioterapia não é dada até o bloqueio hormonal falhar.

Vantagens. O paciente continua vivo.

Desvantagens. Efeitos secundários desagradáveis, imunidade reduzida. Possível dano aos terminais nervosos e rins. A químio não é efetiva por muito tempo.

Sobre a químioterapia

SOBREVIVENDO

Se o câncer não escapou, você tem uma boa chance de voltar à sua vida normal, não importa qual tratamento que você escolheu. Mas isto não significa que tudo acabou. Você continuará a fazer exames regulares algumas vezes por ano. Estes incluem testes para aumento do PSA, anemia, e outros sintomas de recidiva. Você também deverá continuar se exercitando e comendo bem. O câncer pode retornar, mesmo que você não tenha mais próstata. Contudo, se nada acontecer em dez anos, uma recorrência é extremamente improvável.


EFEITOS SECUNDÁRIOS

Incontinência. Quase todos nós teremos que lidar com alguma forma de incontinência urinária após o tratamento. Ela pode ser temporária ou permanente.

Sobre a incontinência

Impotência. Muitos pacientes ficarão sexualmente impotentes por pouco tempo. Mas, mesmo uma disfunção permanente não é desesperadora. Pílulas, implantes, e outros métodos funcionam na maioria dos casos.

Sobre a impotência

Dor e cansaço Como você se sentirá após o tratamento depende muito da sua saúde geral, idade, o procedimento, o médico, e até da sorte. Descubra antecipadamente o que esperar e pergunte ao seu médico quais os medicamentos acessíveis.

Sobre a dor
Sobre o cansaço

Aconselhamento. Todos os procedimentos têm um preço tanto emocional como físico, pelo que o aconselhamento pós-tratamento pode ser vantajoso—sobretudo se há efeitos secundários desagradáveis.

Sobre efeitos secundários

RECORRÊNCIA/RECIDIVA

A recidiva usualmente é detectada pelo gradual aumento dos níveis de PSA, especialmente se o nível de PSA dobra três vezes seguidas. Isto é chamado de falha bioquímica. Não significa necessariamente que o câncer voltou. Alguns PSAs param de aumentar e outros aumentam sem conseqüências. E, mesmo a recidiva não é uma sentença de morte.

Sobre a recorrência
Sobre a falha bioquímica

Ansiedade de PSA. Se bem que não se pode esquecer completamente a possibilidade da recorrência, você não deveria se preocupar com isso. A ansiedade de PSA reduz a sua qualidade de vida.

Sobre a ansiedade de PSA

Salvage. Se o câncer recidivar, você ainda pode se livrar dele mediante vários outros procedimentos.

Sobre os procedimentos de salvage

PESQUISA E ENSAIOS CLÍNICOS

Se o câncer voltar e nada parece ajudar, alguns homens escolhem participar de um ensaio clínico de cura potencial. Podem oferecer pouca esperança de sobrevivência, mas podem salvar homens da geração dos seus filhos. Muitas pesquisas estão sendo desenvolvidas em áreas promissoras, incluisve em genética e vacinas.

Informação sobre a pesquisa e os ensaios clínicos

OUTRAS INFORMAÇÕES

Glossário do câncer
Diccionário Médico
Glossário da próstata
Acrônimos e abreviaturas

OUTRAS COISAS QUE VOCÊ PODE FAZER

Fale com pessoas sobre o câncer da próstata. Você pode salvar uma vida. As mulheres falam mais livremente sobre câncer do seio para conseguir uma cura. Os homens usualmente ficam envergonhados ao falar de câncer de próstata, até com seus amigos mais íntimos. A informação é uma arma importantíssima no combate ao câncer. Use-a!

Doe dinheiro. Os índices de sobrevida do câncer estão subindo, graças em parte aos avanços na pesquisa. Doe para pesquisas em câncer e outros grupos úteis. Peça para seus amigos fazerem o mesmo.

Doe tempo. Ajude um grupo de apoio ou um evento para angariar fundos.

Escreva para o governo. Lembre-os da importância da pesquisa e a informação sobre o câncer para o público.


Copyright © by Bill Dyckes 1997-2001. Direitos reservados. Traduzido por José Mascarenhas, editado por Lionel C. Bethancourt e revisado pelo Dr. Humberto Torloni do Centro de Tratamento e Pesquisa, Hospital do Câncer — AC Camargo, São Paulo. Agradecimentos também aos Drs. P.E. Novaes, A. Lopes, B.M. Rossi e F.P. Fonseca. Este texto pode ser copiado e distribuído para pacientes e em geral, mas não pode ser publicado ou mudado de qualquer forma sem a permissão escrita pelo autor. Para mais informação e detalhes, vá a
www.hypertext.org/ENGLISH/PERM.html.

Aviso legal. Esta introdução se destina a propósitos educativos somente. Não é, de forma alguma, substituto para aconselhamento médico profissional. Note-se que as práticas descritas aqui são padrão (ou pelo menos disponíveis) nos Estados Unidos. Pode não ocorrer o mesmo em outras localidades.
Direitos autorais, avisos legais e outros créditos se encontram na Página de Créditos.



DIAGN&ÔSTICO     AVALIANDO     DECIDINDO     TERAPIA     SOBREVIVENDO

VOLTAR AO COMEÇO DA PANORÂMICA